DDGil - Empresa de Deditização, Desentupimento e Transporte de Resíduos

||Blog

Pragas urbanas e a influência das estações do ano
20/04/2021 / adminddgil

Antes de mais nada, precisamos lhe informar que durante todo o ano é necessário a prevenção de infestações, independente se for em sua casa, ou no trabalho. Acima de tudo, é por esse motivo que empresas adotam um cronograma de renovação do controle de pragas urbanas, pois com o passar do tempo a eficiência do serviço diminui.

Portanto, deve-se agir antes que as pragas se instalem.

Antecipadamente devemos lhe informar que algumas épocas são mais críticas que outras. Portanto, é importante entender o comportamento dos aracnídeos, insetos, cupins e ratos, para que você chame e contrate serviços de uma Dedetizadora na estação certa.

Desde já, falaremos um pouco sobre as estações do ano, para que você entenda melhor:
A primeira vista, é no outono as pragas procuram por abrigo.

Contudo, o retorno do frio faz com que as aranhas procurem locais secos e quentinhos para se abrigar. Para elas, é independente que esse espaço seja o tronco de uma árvore ou uma fresta no roupeiro do seu quarto.

Portanto, preocupe-se com o controle de aracnídeos, principalmente se você mora numa região arborizada.

Ainda mais que é nesta época que é muito comum que ratos à procura de abrigo apareçam para passar a época mais fria do ano que é o inverno.

Ainda assim, é no Inverno a época de prevenção.

Sobretudo, é nas temperaturas baixas que a maioria das pragas urbanas entra num estado semelhante ao da hibernação. Onde o organismo das criaturas diminui de ritmo, fazendo com que as colônias não se espalhem muito rapidamente.

Além disso, é esse o momento excelente para o controle de cupins, por exemplo. Sendo que esse é o procedimento que elimina focos de infestação e impede a chegada de novas revoadas, muito comuns na primavera.

Dessa forma, o efeito dura até um ano.

Reprodução

Igualmente perigosa, chega a primavera e o tempo de reprodução desses animais.
Então chegou Setembro, período de chuva e temperaturas em elevação, o cenário muda.

Portanto, ratos quanto insetos passam a se reproduzir com mais frequência. As novas colônias atingem seu pico de atividade na estação seguinte.

Como resultado, evitar prejuízos, também vale investir em uma ação preventiva. Da mesma forma, é recomendado que o controle de ratos (desratização) seja realizado antes do período de acasalamento. Caso contrário, a praga pode se alastrar, fazendo-se necessária medidas mais trabalhosas (e caras) para se conter o avanço.


Pragas urbanas e a estação preferida

Por último, mas não menos importante, é no Verão que as pragas chegam no seu auge.
Como resultado, o calor favorece a ação de formigas e baratas. Pois, além de “mais dispostas” para sair em busca de comida, elas encontram alimento em abundância na natureza.

Dessa forma, os insetos se multiplicam rapidamente, o que aumenta a chance de as colônias invadirem condomínios, lojas, fábricas, restaurantes, boates e postos de saúde.

Em conclusão, trata-se de um risco sanitário, pois essas criaturas podem carregar fungos e bactérias.
Ou seja, são capazes de espalhar doenças por onde passam. A solução está na desinsetização.

Assim, é importante ressaltar: as substâncias utilizadas no controle de pragas têm vida útil limitada. A eficácia vai de três meses a 6 meses, podendo variar de acordo com o tamanho da área e o nível de infestação.

Por isso, convém renovar o serviço ainda durante o período de garantia.

Por fim, mantenha sua casa, comércio ou empresa protegidos com a DDGIL.